365

3 de maio de 2022
3 de maio de 2022 Felipe

365

(O poder de uma mensagem linda no whatsapp)

Nessa hora aqui, eu acho que a cirurgia já se encaminhava pra parte final. Eu tava na paz, apagado de propofol. Daqui umas horas, papai e mamãe entram no CTI e eu tento trocar ideia, mas ainda doidão de anestesia.

Hoje foi um dia tão corrido, e os outros passados também foram dias corridos, que nem achei tempo para escrever sobre esse ano que passou.

(O “esforço” de “Achar tempo” pra uma coisa boa faz parte do que estou largando pra trás)

Eu passei o dia lembrando do significado dos 364 anteriores e, ao mesmo tempo, pensando no que escrever, porque acho que falei tanto sobre isso que eu seria repetitivo.

Mas, essa frase e essa mensagem… elas me foram o gatilho para escrever e lembrar das boas coisas: o amor que emana, o orgulho da minha história, essa rede de suporte que me apoiou e se apoiou. Coisas que, de certa forma, me fizeram acordar para o que eu não prestava atenção.

E de novo, eu achei que ia morrer. E morreria puto – aqui jaz a contragosto – porque seria triste pra caralho pra vocês, que chorariam e tal.

O fato é que a vontade de viver, construir e criar é tamanha, que o 3 de maio será só mais uma data. Sempre será de renascimento, do reforço dessa rede de amor e que serviu também para celebrar a vida e as conquistas: um casamento e a construção de uma vida com uma mulher sensacional, ter o pai, a mãe e a irmã que eu tenho, a família e os amigos, os planos para o futuro (que nunca será super distante), continuar o processo de ficar em paz comigo e por os sentimentos pra fora!

Seguimos avante!