20 de maio de 2003 Felipe

Suspenderam o Brasileiro

Clubes paralisam o Brasileirão-2003

😯 😯 😯

Essa foi a maior “tiração da reta” que se tem notícia. A CBF e os representantes de dez clubes (infelizmente o Cruzeiro tá no meio) passaram mais uma vez o torcedor pra trás e paralisaram o Brasileiro. O que me horroriza mais é que o motivo disso tudo é o Estatuto do Torcedor, que tem por objetivo (grosseiramente falando) dar mais direitos pro sujeito que paga 10 reais pra ir no estádio ver seu time jogar.
Dá uma lida na matéria e comenta aí. Aposto que você vai passar raiva igual eu tô passando agora.

Isso é a prova de que qualquer um pode ser dirigente de futebol, um amadorismo sem igual. Enquanto o Estatuto estava sendo formulado, ninguém se dispôs a ir discutir sobre o que podia mudar. O Estatuto foi pra votação e nenhum dirigente se mexeu. Quando finalmente o presidente sanciona a lei, as mulas resolvem sair da toca e suspendem o brasileiro.
Como diz um amigo, “praputaquepariu”…

Comments (4)

  1. Eles estão alegando que não dá tempo de cumprir com tudo que o Estatuto ordena.
    Mas tem prazo e tudo.
    Eu não quero nem saber.
    Eu se sou televisão e estou com contrato assinado, eu caço dirigente, quebro todos os times e começo um novo torneio com quem deseja jogar.
    Os outros estão, a partir de hoje, extintos. Não existem mais.
    uhahuahua, já pensou?

  2. Atenção atenção!
    Vc ainda não haviam notado que o futebol virou bagunça?
    I SAY: “FRITA ELE NO ÓLEO!!!”
    (mais um comentário pouco construtivo, pra variar um pouco…)

  3. Fernabit

    É foda. O domingo já fica ruim quando o jogo é no sábado, imagine agora, sem jogo… e o medo do Cruzeiro ser penalizado e ficar distante do título? Mas… venhamos e convenhamos: responsabilizar-se pela segurança a 5 Km dos estádios em dias de jogo é “meio-muito”… o código tá mesmo precisando de uns ajustes…

  4. Opinião:
    Se não tem jogo, não tem arrecadação. E quem vai pagar salário de jogador no fim do mês? Euricão? Essa palhaçada naum dura 15 dias…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *