24 de agosto de 2010 Felipe

De querer levar vantagem em tudo…

Chego em casa vindo do Aeroporto de Congonhas, a corrida de táxi custou R$ 29,30. Como só tinha uma onça pintada na carteira, para facilitar a minha vida e a do taxista peço para ele arredondar pra 30 reais. “Depois acerto os 70 centavos com o financeiro do trabalho”, pensei.

O taxista me pergunta: “Quer me dar 35 reais e eu te faço uma nota de 40?”. Deu vontade de responder “nem fodendo”, mas só disse que não.

Isso me tira do sério. Qual a vantagem em desviar qualquer quantia de dinheiro? O pior é ser taxado de errado quando se é honesto. Maldita lei de Gerson!

, , ,

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (2)

  1. Depois reclamam que o Brasil não tem jeito. O Brasil é desse jeito por causa de pessoas assim, desonestidade que acontece todo dia, toda hora e aposto que ele não vê nada de errado nisso, o que é pior.

    O Brasil não tem jeito mesmo. Cheio de Gérsons por aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *