15 de janeiro de 2016 Felipe

Cama

A artista plástica Olivia, a Whippet.

A desconstrução dos objetos cotidianos realmente passa uma mensagem? Nossa cama é nosso porto seguro. Sua destruição mostra o desconforto que permeia a sociedade ou isso é apenas uma paranoia na cabeça do artista? Olivia, a Whippet, tenta responder essas perguntas com seu primeiro trabalho: “Cama”.

"Cama" (Lona, tecido e espuma) - 2015

“Cama” (Lona, tecido e espuma) – 2015

Espalhada pela casa, a obra oferece experiência multisensoriais, convidado o público a sentir os pedaços de espuma com o chão frio e observar o caos meticulosamente organizado proposto pela artista. Com esta obra, Olivia pretende mostrar que a noção de segurança e conforto são coisas de nossa cabeça e tudo pode mudar em um piscar de olhos.

A artista garante que há mais por vir e que este ínicio precoce – tem somente três meses de idade – é o prenúncio de um trabalho prolífico.

A artista plástica trabalhando em sua obra.

A artista plástica trabalhando em sua obra.

A inspiração para escrever este release veio do Zé e dos releases que ele escrevia a cada destruição produzida pelo Pavlov. Valeu, Zé! 🙂

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comment (1)

  1. Dan Beck

    chorei kkkkkkk! Essa veia artistica era inevitavel dado a paternidade da mesma! Uma prodigio! Saudades Olivia 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *