4 de dezembro de 2013 Felipe

Bater e correr

Neste fim de semana, parte da família foi para Arantina batizar a Letícia, minha prima mais nova. Como havia esquecido o tripé em São Paulo, precisei subir até o mezanino na hora de fazer o registro de toda a família na igreja. Coloquei o timer da câmera para dez segundos e desci correndo.

O resultado foi esse.

Conclusões: 1) Fosse o Usain Bolt, dava; 2) Não esquecer o tripé; 3) Talvez um disparador remoto seja uma boa compra futura.

Bater e correr - a foto no instagram

Bater e correr – a foto no instagram

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *