7 de agosto de 2013 Felipe

31

31, 31, 31, 31

Ao completar 31 anos…

… Michael Jackson já havia lançado os discos Bad e Thriller, suas obras primas.
… Ayrton Senna já era bicampeão mundial de Fórmula 1.
… Michael Jordan era tricampeão da NBA.

Aos 31 anos de idade, eu ainda não fui campeão mundial de Fórmula 1 e ainda não lancei os meus “Bad” e “Thriller”, mas sinto que fiz muita coisa. Já mudei de cidade, casei com o amor da minha vida, mantenho (ou tento manter) um podcast, escrevo neste espaço. Virei gente grande, enfim.

Recebi tantos abraços, demonstrações de carinho e tantos “parabéns pela internet” que fariam Piquet e Fittipaldi ficarem com inveja de mim e são de encher os olhos. Não é à toa que eu adoro aniversário.

Falta muita coisa pra fazer? Falta muita coisa pra fazer. Tem onde melhorar? Claro que tem.

Mas, olha, tá bom demais.

Estou feliz. Acho que é o que importa. 🙂

, ,

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *