12 de dezembro de 2011 Felipe

(Mais um) dos casos de aeroporto

Estou eu na fila da lanchonete, aqui na sala de embarque de Confins. A moça da Gol começa a chamar os passageiros faltantes do voo para Guarulhos. Fala uns quatro ou cinco nomes, duas vezes. Na terceira, o homem que está ao meu lado, provavelmente consultor ou engenheiro, me pergunta: “porque estão me chamando, se eu fiz check in pela internet?”

Surpreso, digo que ele está para perder o voo e me viro pra pegar meu café. Olho de volta e ele não estava mais lá. Quisera eu ser tranquilo assim.

, ,

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (2)

  1. André Amorim

    Não entendi como você deduziu ser o sujeito um engenheiro.
    Até mesmo as camisas xadrez estão na moda, salvo se ele usava caneta bic e calculadora no bolso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *