3 de julho de 2011 Felipe

Surrealidade 4 – Escher

Escher

O bom passeio de domingo (passado) foi visitar a exposição “O Mundo Mágico de Escher”, no Centro Cultural Banco do Brasil, aqui no centro de São Paulo. O passeio já começa legal, saindo da Praça da Sé, em direção ao lugar. Adoro essa parte da cidade. Um passeio que faço com certa regularidade é caminhar do Mercadão até a Liberdade.

Voltando ao assunto, Escher foi um artista holandês famoso pelas construções impossíveis e as explorações do infinito. Quem viu “A Origem” claramente percebe a influência do artista em algumas construções do filme. E a exposição mostra uma série de gravuras originais, além de algumas instalações. Vale demais a visita. A foto acima é de uma das instalações. Felizmente, a disparidade de altura entre a Carol e eu não é assim, gigantesca! 🙂

, , ,

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *