2 de maio de 2011 Felipe

Do que vale?

Então, depois de um dia totalmente fora do padrão, até eu, que acredito na humanidade, começo a pensar que talvez tudo esteja errado. Dilemas e angústias pessoais a parte, o que mais me choca é ver muita gente comemorando o assassinato de Osama Bin Laden*. Como disse a Maria Aparecida Aquino, em entrevista à Folha: “Defender a forma como isso foi feito será dar aos Estados Unidos a possibilidade de amanhã entrar em qualquer uma de nossas casas e dizer: ‘olha, imaginei que aqui houvesse um terrorista e andei metralhando’“. Em bom português, talvez seria melhor cair um meteoro na Terra pra começar tudo do zero.

Mas aí no caminho pra casa, comprei uns chocolates e passei na maternidade, pra conhecer o neto de uma grande amiga da minha mãe. E vejo, no maior dos clichês, a celebração da vida. O pai choroso, a mamãe e a avó felizes e uma felicidade plena no ar. O bebê recém nascido, cara de joelho com roupinha de urso, coisa mais linda. E aí penso: “Porra, peraí. A humanidade tem salvação”.

E vou me guiar por isso agora, pode ser inocente, pode ser ingenuidade, mas vai me fazer uma pessoa melhor. Isso vai.

, , ,

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (2)

  1. Tenha certeza que será mais feliz tb…
    Que felicidade em te-lo ao meu lado! Vc me faz querer ser uma pessoa melhor.

  2. Uma pessoa melhor para si mesmo ou uma pessoa melhor para o mundo atual ou uma pessoa melhor para o novo mundo pós-meteoro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *