21 de outubro de 2010 Felipe

E a culpa é do crocodilo


Notice: Trying to get property 'post_excerpt' of non-object in /home/felipemenhem82/felipemenhem.com.br/site/wp-content/themes/brooklyn/partials/blog/content.php on line 92

Já cansei de citar e falar desse especial do Chris Rock, mas, mais uma vez, ele é contemporâneo. Vejam a partir dos 7:48. Chris fala daquele episódio envolvendo a dupla Siegfried & Roy e um tigre branco, quando o animal mordeu o pescoço de Roy Horn, ferindo-o gravemente. Todo mundo coloca a culpa no tigre, dizendo que ele ficou doido. Mas Chris pontua, sabiamente: “ele não ficou doido. Ele foi tigre”.

Pois bem, essa semana vejo um programa no Discovery sobre um ocorrido na Austrália no ano de 2002, e que teve uma avaliação similar. Um grupo de turistas foi para o Parque Nacional de Kakadu, local dos animais mais perigosos do país, incluindo o temido Crocodilo-de-água-salgada. Resolveram largar o bom senso de lado e partiram pra um mergulho noturno em um billabong*. Aconteceu o óbvio: o crocodilo resolveu jantar um dos turistas, no caso, uma alemã de 20 e poucos anos. O que os jornais falaram? O crocodilo ficou doido. Como ficou doido? O bicho simplesmente saiu pra caçar, como faz todas as noites. Doido foram os jovens, que perderam o juízo e foram nadar em uma lagoa à noite.

Francamente.

Foto: Wikipedia/Molly Ebersold of the St. Augustine Alligator Farm

, ,

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *