26 de julho de 2010 Felipe

Contando uma história, parte 1- Filé com crosta de Parmesão

Filé com Crosta de Parmesão e Batatas
Alimentando um desejo antigo e pegando carona no que o Lucas faz eventualmente em seu blog, vou começar a compartilhar algumas receitas que faço aqui. Não tenho a menor pretensão de ditar regras ou dizer que sou um chef, longe disso. Só acho que as boas coisas devem ser compartilhadas. Mais a mais, desde que me mudei, percebi que algumas receitas são facéis, rápidas e muito baratas.

Pra começar, uma receita que Carol e eu experimentamos ontem, baseada em um prato visto pela mamãe. É um filé com crosta de parmesão. Não existe muito segredo na receita, e como foi a primeira vez, ela ainda está sem as medidas corretas. A ideia era fazer um acompanhamento de batatas ao murro, mas desistimos. O que você vai precisar para servir umas 4 pessoas:

  • 600g de filé mignon
  • 300g de queijo parmesão
  • Farinha de pão
  • Um ovo
  • Um saco de batatinhas
  • Manteiga
  • Alecrim a gosto
  • Sal e Pimenta a gosto

Como fazer

  1. Cozinhe as batatas em água e sal
  2. Limpe o filé e fatie quatro medalhões, de uns 3cm cada. Tempere com sal e pimenta
  3. Rale o queijo e misture com a farinha de pão. O ideal é fazer uma farofa, um pouco consistente e óbvio, com gosto de queijo.
  4. Bata o ovo e coloque-o em uma tigela a parte.
  5. Assim você fará o procedimento de um milanesa tradicional, ou seja, passe o filé na farofa, no ovo e novamente na farofa.
  6. Enquanto isso, aconselho pré-aquecer seu forno. Lá em casa colocamos em 200º C, por uns 15 minutos.
  7. Esquente uma frigideira, coloque um pouco de azeite e frite rapidamente os medalhões, um de cada vez. Tome cuidado ao virá-los, para manter a crosta presa à carne.
  8. Depois, coloque os medalhões em um tabuleiro e leve ao forno, também por 15 minutos.
  9. Nesse meio tempo, corte as batatinhas ao meio, derreta uma quantidade razoável de manteiga com alecrim e jogue as batatas.

Ah, uma última nota: Em um “grupo controle”, Carol conseguiu fazer a crosta sem a farinha de pão. Vale a tentativa para as próximas vezes. E os 15 minutos de forno deixaram a carne no ponto, com o meio levemente avermelhado.
Bom apetite!

, ,

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (3)

  1. Carol

    Adorei essa ideia de compartilhar nossas experiências na cozinha. Quem sabe as pessoas tb podem nos indicar receitas e dar dicas.

    Qto a esse prato, vamos tentar empanar só com parmesão ou quem sabe podemos encontrar uma outra forma melhor ainda!

    Mas esse já ficou excelente!!!

  2. ana lucia

    ó, estou me oferecendo pra degustar pratos experimentais! rsrs…

    beijos aos dois, e parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *