29 de dezembro de 2009 Felipe

AA

2009 pode apagar as luzes com uma notícia bem baixo astral, daquelas que seriam perfeitas para o fim do segundo ato de um filme. A diferença é que um final feliz seria BEM mais difícil na vida real.

Enfim, eu continuo pensando e desejando que não vai ser uma complicação que agora se instalou na cabeça. De qualquer maneira, sigo firme na ideia de que devemos viver cada momento com ela no melhor esquema Alcóolicos Anônimos: um dia de cada vez. Vamos passar cada dia bem e curtindo cada momento, pra depois pensar no próximo.

Pra finalizar, só um pensamento. Pouco vale minha tristeza nesse momento. Eu fico mais preocupado em saber se ela vai sofrer, se vai doer e tal. Luto a gente tem e depois passa.

, , ,

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *