21 de maio de 2008 Felipe

Cine Los Angeles, o começo

Há muito tempo, falei das mudanças que fazem bem. Nesse caso, foi montar uma banda nova, o Cine Los Angeles. Nesse processo teve gente que entrou, gente que saiu, muitas viagens, agendas cheias e a incerteza de que poderia ir pra frente.
Felizmente porém, as coisas boas vem para quem trabalha. E no meio de março recebemos o convite para tocar na II MosCA (Mostra de Composições e Arranjos Originais), que faz parte da programação da Semana de Artes da UFOP, feita inteiramente pelos alunos da Música e de Artes Cênicas. Na correria, Diego chamou o TT, amigo e companheiro dele no Cinza (banda que recebeu excelentes referências do Diogo) para ajudar nos arranjos e tocar teclados. Fizemos cinco ensaios e fomos na última sexta, tocar na cara e na coragem.

Foi o pocket show mais lindo do mundo. Cinco músicas, devidamente gravadas em áudio e vídeo pela produção do evento. Ao que parece, agradamos, porque o público prestou atenção nas músicas e aplaudiu. É um bom começo, eu acredito. Prova de que é possível fazer um trabalho orientado para as composições próprias. Em breve, colocaremos vídeos, fotos e áudio no youtube e no nosso moribundo Myspace.

Só para registrar: De aplaudir de pé o trabalho e o esforço da Multicultural, a produtora dos alunos da UFOP. Fizeram um EXCELENTE trabalho com um orçamento reduzidíssimo. E por favor, bandas de BH, ano que vem participem da MosCA, porque vale MUITO a pena!

, , ,

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comment (1)

  1. Nós, leitores esporádicos ou contumazes do que procede da sua Cabeça, merecemos um post sobre as razões mercadológicas, artísticas, ou psicossomáticas do nome da sua nova banda.

    Grato pela diligência no que nos toca.

    (Sob os rumores de histerias hilarias na Paulista, onde já desfilam motocicletas rosas e outras molecagens… Um barato!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *