26 de junho de 2006 Felipe

Bri'ain

Nesses dias na cidade conheci bons museus. National Gallery, National Portrait Gallery e o British Museum. O bom é que todos são de graça. Achei a parte de Grécia e Egito antigo do British Museum melhor que a do Louvre. As outras duas também são muito bacanas. Já domino a área de Oxford Street, graças aos ex e atuais moradores dessa cidade impessoal, já achei algumas boas lojas de música, além de eleger o pub local para ver os jogos da Copa. Ainda tenho muita coisa pra ver, acho que até domingo terei sucesso nisso.
Vale ressaltar que andar pelas ruas durante o fim do expediente é meio agonizante. Nunca vi tanta gente junta e com pressa. Bom que serve para desenvolver sua esquiva e, quando não há sucesso, praticar o seu “Sorry!”.
O sotaque também é algo curioso. Parece que dos britânicos, o pior sotaque é um que come quase todos os “T” das palavras. De modo que “water” vira “wa’a” e “Britain” vira “bri’ain”.

[nggtags gallery=britain]

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (2)

  1. Gui

    O sotaque chama-se Cockney, nao so comem os “T” mas tambem alguns “H”s.

    Tipo “That Ke’le ‘as go’ ‘ó’ wa’er!” “That Kettle has got hot water!”

    Minha ex-chefe que era bem educada mas falava um Cockney horroroso e zoava do proprio sotaque dizia que trata-se de “Broken English”. Ate hoje pra mim foi a melhor descricao.

    Mas tecnicamente Cockney eh meio que um tipo de cultura. O Cockney real so existe no Leste de Londres e nao eh so sobre pronuncia e sotaque mas tambem palavras que querem dizer coisas diferentes pq soam como a palavra real e girias loucas.

    Alguns exemplos do som:

    Waterloo = Wa’erloo
    City = Ci’y
    A drink of water = A drin’ a wa’er
    A little bit of bread with a bit of butter on it = A li’le bi’ of breab wiv a bi’ of bu’er on i’.

    Quem quiser se aprofundar pode visitar essa pagina que eh otima:

    http://www.ic.arizona.edu/~lsp/CockneyEnglish.html

    (Em Ingles)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *