9 de maio de 2006 Felipe

Keith, o imortal

Aposto que Keith Richards diz “se eu morrer” ao invés de “quando eu morrer”. O cara já se entupiu de drogas e já trocou seu sangue inteiro. Naturalmente, ele não bateria as botas porque caiu de uma árvore e teve que retirar um coágulo do cérebro. Na verdade, uns dizem que ele já morreu. Eu discordo. Acho que só o corpo está com o prazo de validade vencido…

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (2)

  1. Nem o corpo…eles são magrinhos e estão velhos, mas pro tanto de droga que esses caras usam, eles estão é bem demais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *