18 de abril de 2006 Felipe

V de Vingança

IMDBNão sou fã de HQs. Aliás, a única referência que tinha de “Vendetta” era o apelido de um maluco que jogava Counter Strike, na minha época de perder noites e dinheiro na Monkey. Mas, mais uma vez, a adaptação dos quadrinhos pro cinema me agradou. Primeiro, é muito bacana ver filmes onde o “mocinho” é um anti-herói. Além da discussão sobre regimes totalitários, ideiais e etc, o que mais me agradou foi a atuação de Natalie Portman e, claro, de Hugo Weaving. Imagino que seja difícil dar emoção ao personagem sem mostrar o rosto. Weaving, o bom e velho Agente Smith, conseguiu sem dificuldades fazer isso. Você consegue perceber qual o estado de espírito de V somente pelo tom de voz e gestos. Muito, muito foda. Um dos melhores do ano, até agora.

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (2)

  1. Ana

    eu não entendo de cinema, embora goste muito.
    mas não filmes violentos.

    eu gosto de suspense e documentários!!
    também curtas e filmes de garagem.

    quase me esquecí dos alternativos e clássicos

    meu deus, como sou careta,
    tesc tesc….

  2. Sabia que você tbm era de BH…! Porque eu conheço muita gente que também vai (ou que ia) lá na Monkey de vez em quando… Que mundinho pequeno!

    Eu também não gosto muito de HQs não, mas acho muito interessante a história do superman, embora tive que primeiro ver algum filme dele pra depois ter curiosidade em conhecer as HQs do mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *