13 de dezembro de 2005 Felipe

Nárnia

Nárnia - Imdb Quando se trata de uma sequência, o primeiro capítulo precisa ser incrivelmente foda, ainda que não tenha final. Só criar motivação para assistir as próxima partes. Por isso, Crônicas de Nárnia é fraco. Os efeitos especiais são bacanas, mas o roteiro é mal amarrado e os atores não tem carisma nenhum. Um não sabe segurar uma espada, a outra ganha um arco e flecha e atira UMA vez só, o terceiro é um menino mimado e a mais nova alterna momentos “cuti-cuti” com momentos “darei uma voadora nessa menina se eu ver ela na rua”. E eu não sabia que C.S. Lewis era um sujeito extremamente religioso e transferiu isso para a sua história, colocando um toque de “bíblia disfarçada de fábula”. Eu espero que as outras seis histórias sejam muito melhor. Mas isso é só minha opinião.

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (4)

  1. Vai dar muito trabalho para fazer com que as sequências sejam melhores. A primeira coisa é mudar a personalidade dos atores principais. beijo

  2. Gabriel

    Tava botando fé nesse filme aí. Não vi ainda..
    Ganhei a caixa do Senhor dos Anéis.. doidimais..

    tá sumido demais Cabeção, porra!
    abraço!

  3. Sávio

    O autor realmente era cristão, mas deixou claro (em correspondências que existem ainda hoje) que a obra não era uma alegoria cristã ou “bíblia disfarçada de fábula”.

    É isso.

  4. tecnoCOP

    Se um filme eh considerado um pout-purri de dois grandes sucessos, pode saber que é uma bosta!

    Misturar o mundo do Tolkien com o sub-mundo da tia que (influenciada pelo Tolkien) escreveu o Harry Potter só pode acabar em alguma coisa medíocre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *