2 de novembro de 2005 Felipe

Cenas Ímpares

Talvez três das cenas mais ímpares que eu tenha noticiado ultimamente.
Primeira: Algumas garotas em um carro, ouvindo um funk. Eu, a pé, na calçada. Elas gritam pra mim: “Hoje é noite da orgia, cabeludo”. Sem dúvidas, 12 anos se passaram desde a última vez que fui chamado de cabeludo.
Cena dois: Eu acompanho, durante uns 50 metros, um Siena cuja passageira do banco de trás colocava seus pés (e suas sandálias de salto) pra fora do carro, mesmo com a chuva que insistia em cair.
Terceiro: Falaram que minha barba está parecida com a do Renato Russo. Lastimável.

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (2)

  1. Nanda

    Hummm, acho que isso só quer dizer uma coisa… CORTA ESSE CABELO E ARRANCA ESSA BARBA DA CARA!!!! hehe Ouve sua amiga… beijos

  2. tecnoCOP

    Nao vou nem comentar o post da Nanda! Nao dá pra levar a sério nada que essa tia escreve! Pelón… o macete é o seguinte: Tira só o bigode e mantem a barba sempre aparada! Seu cabelo é chic! Nao mexe mto nele não!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *