8 de julho de 2005 Felipe

Londres

Apesar de extremamente radical (e de dois erros de português na versão original), concordo em partes com o Caio. Ficar triste e revoltado porque explodiram bombas no metrô de Londres e se esquecer do que acontece na África e no Oriente Médio todos os dias parece ser egoísmo. Não me considero capaz de discutir a razão dos conflitos no Haiti ou a “plantação” de minas terrestres em alguns países africanos. Talvez, a razão de todos esses conflitos civis sejam as mesmas. Contudo, me revolta mais saber que tem gente colocando bombas em metrôs e explodindo gente que não tem nada a ver com a história. Sei lá, talvez esteja utilizando duas medidas para um peso só, mas não vejo graça no terrorismo.

Em tempo, todos os meus amigos e seus conhecidos residentes em Londres estão bem. Graças a Deus.

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *