12 de junho de 2005 Felipe

O Guia do Mochileiro das Galáxias

IMDBSomente uma ressalva ao filme. Faço coro junto ao Caio e Tarik: apesar da boa narração, a presença de José Wilker (da voz dele, mais precisamente) é dispensável. Não que ele tenha feito um trabalho ruim, longe disso. Mas eu gostaria de ouvir um sotaque inglês narrando a história. De resto, o filme é engraçado, tira onda com os clichês e continua bacana. Não tenho dúvidas que o livro seja superior, mas a adaptação parece ter sido bem feita. Me agradou e muito.

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comment (1)

  1. Maycon

    tenho que falar que concordo que a dublagem perde o brilho do sotaque ingles na qual o filme por si só tira sarro, mas discordo em relação ao cliche, o filme tem seus esteriotipos sim, mas são para fazer do filme algo “atual” já que o livro é um pouco antigo, mas o filme é uma obra prima assim como o livro, comédia existencialista e filósofica, quem iria imaginar que um dia veriamos uma baleia e um vaso caindo do nada e sendo um dos pontos altos do filme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *