13 de outubro de 2004 Felipe

Golpe do Cartão

Quando o sujeito ganha a vida passando a perna nos outros é porque a situação não tá boa. Fica pior quando pessoas vêem outras caírem no golpe. Ontem ligaram pra minha avó, uma senhora de 78 anos, dizendo que ela tinha sido contemplada na promoção “Eu ligo pra sorte” da Telemar. Seria ótimo, se o cara não começasse a oferecer prêmios que a promoção não paga e falasse que ela teria mais chances de ganhar comprando cartões pré-pagos da Oi. (Sacaram o golpe?)
A coitada saiu para comprar algumas dezenas de cartões, ditou os números pro indivíduo e pra sua surpresa, todos eram “premiados”. Tudo isso com a “supervisão” de uma prima distante, que em nenhum momento colocou em xeque a situação. Bastou minha vó contar a história, pra gente sacar que se tratava de um golpe.

Tudo bem, tem uma dose de ingenuidade envolvida, mas isso tudo é uma puta sacanagem, fala sério. Pensar que agora tem um sujeito falando à vontade e às custas dos outros.

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comment (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *