29 de agosto de 2004 Felipe

Rapidinhas Olímpicas

Que eu saiba, a participação nos Jogos Olímpicos era restrita somente aos amadores. Como explicar aquele cara que atrapalhou o Vanderlei Cordeiro de Lima durante a maratona? Ele era um idiota profissional. Ir contra o espírito olímpico não vale.

Atenas serviu para confirmar que, pelos mesmos critérios, Milton Leite e Sílvio Luiz continuam comandando. A competência, tiradas e jargões foram a alternativa pra quem não aturava Galvão Bueno. Quase morri de rir com Sílvio Luiz, durante os jogos do futebol feminino. “Olha lá, a Dona Maria pediu três na barreira” e “Como está a alfafa do Baloubet du Rouet?” foram apenas algumas das pérolas.

A homenagem que os meninos do vôlei fizeram para o meio-de-rede Henrique foi bacana. Não é todo dia que os cortados são lembrados pelos que jogaram.

Rodada final de musas? Yelena Isinbayeva e Lauren Jackson.

Até Pequim. 🙂

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (2)

  1. O problema é o comitê olímpico falar que não vai fazer nada e que “acidentes acontecem”…
    Depois Osama bin Laden joga bomba na casa deles e eles vão chorar na tv…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *