4 de janeiro de 2004 Felipe

Manias automobilísticas

Ainda vou entender qual é a graça em se bater a porta e por o pé no painel do carro. Concordem comigo, fechar com gentileza funciona igualzinho. Pra que socar a porta? Se ela empenar, aposto que você não pagaria, né?
Outra coisa, pé não é a parte do corpo que eu mais goste. Acreditem, já passei aperto demais com os meus para me fazer desgostar de todos os outros. E acho o cúmulo da folga plantar o pé (seja descalço ou com tênis) no painel do carro. Principalmente quando acabo de pegá-lo no lava-jato.
Siga essas duas regrinhas (ranzinzas) e pronto, serão bem vindos no banco do passageiro! 😉

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (7)

  1. Acho que eu não seria bem vinda no banco dos passageiros porque eu sempre bato a porta do carro como se estivesse com a ira dos 1000 infernos.
    Enfim, a partir de agora eu vou tentar me controlar.

  2. Toda hora aparece uma pessoa e bate a porta do meu carro, tanto que ja chegou a dar defeito nela… Agora coloquei um adesivo bem no painel escrito: “Favor nao bater a porta! E nao pise no painel!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *