6 de novembro de 2003 Felipe

Momento

Poucas coisas são tão desagradáveis quanto ser besuntado por tropeiro e cerveja em um campo de futebol.
Ontem, durante a comemoração do segundo gol do Cruzeiro, algum bastardo fez “chover” tropeiro, o meu no caso, em mim e na multidão ao redor. Além disso, um sujeito completou o serviço derrubando nas minhas costas, um dos cinco copos de cerveja que ele carregava. Imaginem o estado que cheguei em casa…

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (7)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *