27 de junho de 2003 Felipe

Resposta à Janis Joplin

Pra entender o post a seguir, você deve ler os comentários desse post.

Caro(a) Janis Joplin,

Agradeço pelo seu comentário em meu blog. É sempre bom ler pontos de vista diferentes dos meus nos comentários. Sua opinião certamente ajudará na formação do meu caráter. Agradeço também pelo modo em que fui tratado e pelos adjetivos usados para me descrever, tais como “roqueiro bombinha do caralho”, “manezinho”, “babaca” e claro “vc é um merda”. Parabéns pela sua capacidade e a de seu irmão de tocar várias músicas do Beethoven no baixo e guitarra. Você deve ter estudado muito tempo, né?
Fiquei particularmente entusiasmado com o fato do meu site ser “um lixo” e que faz parte, assim como o “Brasil Urgente”, o “TV Fama” e o “Hora da Verdade” das baixarias do mundo. Garanto que você vê esses programas, já que adora essas “baixarias”.

Eu presumo que, ou você não sabe ler direito ou tem problemas de entendimento. E logo, só entende o que quer. Não disse que Beethoven era lixo, mas como eu sou não sou músico (sou um merda, né?), não tenho que dar explicações para quem entende tanto de música. E por não saber absolutamente nada de música, não vou me justificar quanto à minha preferência musical, mas sim… gosto de uns “popero”, como aposto que você também gosta, mas tem vergonha de admitir, só para se passar por diferente.

Agora você não consegue separar o que é sarcasmo e ironia do que é sério, infelizmente eu não posso fazer nada. Ah, e eu não tenho nenhuma ligação com quadrilhas ou com a máfia italiana, portanto, da próxima vez coloque seu nome de verdade. Pode ter certeza que eu não vou te perseguir e nem sequestrar sua família. 😀

Mas não vou me alongando, só quero dizer que seus comentários alegraram meu dia e me proporcionaram boas risadas. Continue na sua carreira de baixista clássico/comediante, você tem futuro!

Um grande abraço,

Felipe

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (10)

  1. cristiano

    Muito bem Sr.Cabeça agora vc mostrou aos irmãos clássicos* o verdadeiro poder dos bombinhas(seja lá o que isso quer dizer).
    * outra coisa se ele idolatra tanto Beethoven e se acha tão erudito, pq assina como Janis Joplin? Poderia ser pelo menos um Mozart (no mínimo né?).

  2. Ah lá! Cabeça PINTUDO dando tapa de luvas no intelectuoloide de bosta!
    To aqui rachando os bicos. Prometo não te chamar mais de Amante de Argentinos, mas sim de ROQUEIRO BOMBINHA DO CARALHO POPERO!!!

  3. Uma sujestão…
    Poderia-se sagrar como hino da semana para o tal JanisJoplin a música PUTO do Molotov (bandinha mexicana de um sonzinho bacanudo!) baixem no kazaa!!
    Tem tudo a ver com esse camarada, hahhah
    Té mais moçada!

  4. é isso aí, cabeçudo…
    você não é só um baitola amante de argentinos… você é um popero bombinha de merda baitola amante de argentinos… 😛

  5. Bom, vc disse no quarto paragrafo, quarta linha, a partir da sexta palavra (depois da virgula), q nao iria se justificar qto suas preferencias… mas acabou soh, apenas, justamente fazendo isso NO POST INTEIRO! Eu acho q vc nao deveria dar brecha prum coitado daquele, mal amado, com tanta raiva no !!!

  6. carolina

    ha!ha!ha!…cômico demais entrei por acasso aqui e achei interessante seu comentario felipe,eu naum acho que vc seja babaca, merda, bombinha…pelo o que tu escreves, tens atutude!

  7. doglas

    Fala ai, curto janis por isso passei por aqui!!! deixo um abraço pra vc..
    doglas pelotas RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *