26 de junho de 2003 Felipe

Boca Juniors 2 x 0 Santos

A bem da verdade que o jogo foi muito ruim. Truncado, cheio de faltas e com os times jogando muito abaixo do que sabem*. Na minha visão tanto o Boca quanto o Santos jogaram atrás, buscando o contra-ataque, mas os argentinos se aproveitaram de duas bobeiras do Santos e saíram com um placar que complica a vida dos “meninos da Vila” no jogo de volta.

Não posso deixar de falar que no fundo, eu sempre torço para os argentinos se darem mal, mas a imprensa e o próprio Santos falaram demais, se apoiaram demais no passado e isso me enervou.

*Momento Irônico: Pelo jeito que os próprios jogadores santistas falaram (“Eu gosto é de pressão, estádio cheio, de fazer gol em frente a torcida adversária”) e como a imprensa encheu a bola do time, eu estava esperando uma exibição parecida com a que o Harlem Globethrotters fazem no basquete.

PS: Aos que me chamaram de bundão, mané, adorador de argentinos safado e blá blá blá… os comentários estão a disposição. 😀

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (5)

  1. Walter Romano

    Também torço pelo Boca, mas por motivos óbvios de quem quer ver o Santos empenhado na reta final do brasileiro.

  2. go to hell… 😉 seu namorado cabrón é que deve estar gostando deste surto de viadice nada surpreendente para um cruzeirense adorador de argentinos… só falta dizer que simpariza com o framengo.

  3. Eu falei, falei e falei. E agora torno a repetir. Vc é um adorador de argentino e Boiola. O Santos jogou MUITO melhor que o Boca, que deu sorte nos dois gols. Seu adorador de Argentinos escroto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *