29 de maio de 2003 Felipe

Campanha

Eu e Medeiros estamos lançando a campanha de auto-ajuda “Já contou até dez hoje?”
Talvez o único meio de sobreviver entre pessoas chatas e mal-humoradas que aparecem no dia-a-dia.

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (12)

  1. Comigo isso não funcionava no meu antigo emprego. Antes de chegar no dez eu já ouvia uma m*rda maior e prcisava começar de novo.

    Aí descobri os fones de ouvido. Conhece aquela história de que a música acalma os animais? Pois zé. Não me deixava mais calmo, mas pelo menos me impedia de ouvir algumas coisas.

  2. Já contei até 10, só hoje umas 3 vezes!
    Eu recomendo. Faz bem pro fígado, hemorróidas, bicho de pé, frieira, furrunculo, gonorréia, dor de cabeça, falta de apetite, febre e dor no corpo.

    Se os sintomas persistirem, mande alguém à Puta que Pariu. Mas atenção, mandar à PQP em voz alta pode representar sérias retaliações, tais como perda de emprego, namorada, ser excluído do testamento e/ou morte.

  3. Como disse para vc cabeça.. O negócio ultimamente está sendo contar até 30, e respirando profundamente em cada número e pensando em coisas bonitas: Grama verde, sol, maciez de um seio contra o rosto, MilkShake de Ovomaltine do Bobs…
    A solução do Fabio, de usar Phone é muito bem vinda mesmo, isola as patacuadas e ainda da para relaxar, salve Lisa Ekdahl, Ella Fitzgerald… Ou senão curtir a raiva (VIVA RAtM, Beastie Boys e THE CRAAAAAAAMPS!)…
    E quanto ao Ricardo te achar nervoso, esquenta não .. ele gosta de BEATLES… 🙂

  4. ñ dá, ñ dá, ñ dá… vc viu, ontem contei até 468 e continuei irada com o troxa! O negócio é acabar com a raça do energumino q te incomoda e rir da cara dele depois… é bem saudável, experimente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *