25 de novembro de 2011 Felipe

E agora, como fica?

Só uma rabugentice leve.

Morro de preguiça do termo “orkutizar”, quando utilizado de maneira pejorativa, ou seja, sempre. Explicitamente, significa dizer que qualquer rede que não o Orkut está recheada de más práticas e atualizações de gosto duvidoso. Coisas que só pessoas de classe social inferior fazem. É uma babaquice e pronto.

Eis que meu feed do Facebook, em algum tipo de delírio coletivo, começa a ser soterrado por fotos de animais mutilados, policiais mortos em serviço, vítimas de acidentes de moto e mulheres que não depilam suas partes há décadas. Atualizações de mau gosto, compartilhadas pelas mesmas pessoas que falam “essa porcaria de Facebook está orkutizado”. São aquelas pessoas que o Didi Mocó chamaria de “bacharéis, diplomatas, pessoas polidas”. Ou seja, fica claro que bom senso e razão não tem nada a ver com classe social, né?

, ,

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *