13 de janeiro de 2006 Felipe

Para as mulheres

Se eu te falar, com toda a honestidade de mundo: “Olha, isso não é uma cantada, mas eu te conheço de algum lugar?” você acredita?
Porque ontem eu tive a certeza que conhecia a pessoa, mas não sabia como falar isso, ainda mais depois de ser possuída pelo dono do buteco.

Felipe

Jornalista mineiro que mora em São Paulo. Interessado em fotografia, comunicação, esportes, música, mobilidade e bicicletas.

Comments (6)

  1. Isa Guerra

    Acreditar não é a questão. Por mais sincero que você pareça enquanto faz esta pergunta, tua barba denuncia algo incontestável: a sua masculinidade. E escutar uma frase destas massageia o ego de qualquer mulher, mesmo que casada ou definitivamente não interressada em você. Assim, a situação pode tornar-se um tanto quanto constrangedora. Guarde para você este tipo de dúvida, esta é a dica que lhe dou. Afinal, a qualquer momento a situação pode se inverter, principalmente se a mulher, interessada, reponder: “Isso também não é uma cantada, mas você vem sempre aqui?”

  2. Concordo com Isa…em qualquer hora ou momento do dia..pois para uma mulher é agradável pensar que foi uma cantada..(mesmo que ela saiba que vocês se conhecem realmente) beijo

  3. Isa Guerra

    André; perdoado está. Mas gostaria de saber quais lugares são estes que vc tem frequentando em que consegue se deparar com mulheres barbadas? Pois caso não seja isso, explico que a masculinidade a qual me referi designa mais o órgão do que a opção sexual. E independente disso, não vamos contestar a masculinidade do cara que colocou em pauta tal discussão, que nem mesmo pode se defender num momento desses. Beijos. Nem mais um esclarecimento a fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *